SBS Automotive

gestão profissional de dados para aproveitamento integral do potencial de mercado


A moeda mais importante para o futuro? Dados. A empresa que pretende ser sustentável precisa identificar as necessidades dos clientes antes que estes as manifestam. Para isso, é indispensável que a empresa tenha acesso aos dados relevantes de mercado. O fabricante de freios SBS Automotive conseguiu exatamente isso com sua marca NK para o mercado B2B, com uma combinação inteligente de várias soluções da TecAlliance.

Melhor, mais rápido, mais eficiente – a transformação digital praticamente já esgotou os superlativos.  A corrida digital começou há alguns anos e hoje já é possível identificar alguns vencedores. A SBS Automotive, com sua marca própria NK para o mercado B2B, está entre eles. 

Fundada em 1964, a SBS é um grupo empresarial com larga experiência, que desde cedo compreendeu os sinais dos tempos: “Nós entregamos na Alemanha, França e Dinamarca no prazo de 24 horas e em toda a Europa em 48 a 72 horas, e atribuímos grande importância ao cumprimento dos desejos dos nossos clientes”, afirma Lars Sendal From, Sales Executive/CEO da SBS Automotive “Ao mesmo tempo, observamos o mercado detalhadamente. Para continuar expandindo nossa posição na Europa, foi indispensável realizarmos uma otimização da nossa gestão de dados.” E tem mais: para a NK, a SBS Automotive pretendia usar não apenas os dados próprios, mas todas as informações relativas a novos veículos, de forma compilada e analisada, para poder aproveitar integralmente o potencial de mercado.  

Com esse propósito, a SBS Automotive chegou no endereço certo: A TecAlliance – especialista global em gestão de dados que dispõe de uma abrangente base de dados, constituída de dados-mestre de veículos, OE Data e banco de dados de veículos existentes (VIO – Vehicles in Operation). A TecAlliance presta suporte tanto na gestão como também na análise dos dados. Desta forma, a SBS Automotive conseguiu estruturar os processos para a NK de forma mais simples e eficiente, e obteve uma visão geral mais abrangente e diferenciada do potencial de mercado ainda não explorado. Apenas o portal TecAlliance Vehicle Data Portal, onde são divulgados os VIO, conta com mais de um bilhão de veículos registrados em seis regiões geográficas e abrange mais de 60 propriedades identificadoras para os veículos.  

Controlar os crescentes volumes de dados através de soluções adequadas 

“A SBS Automotive precisava de uma análise muito mais pormenorizada dos mercados globais – exatamente o que nós conseguimos fornecer“, explica Camiel Cobben, Consultor de Negócios da TecAlliance Holanda. Há mais de 20 anos a TecAlliance vem acompanhando e apoiando todos os atores relevantes do mercado independente de aftermarket automotivo (IAM = Independent Automotive Aftermarket), no sentido de aproveitar oportunidades comerciais, estabelecer novos modelos de negócios e estruturar processos de forma mais eficiente. Isso inclui tanto o desenvolvimento de soluções baseadas em dados, como também abrangentes serviços de assessoria em torno de processos comerciais eficazes. A TecAlliance coleta, junto aos fornecedores, fabricantes de peças, bem como associações, autoridades e instituições no mundo inteiro, os dados mais recentes de veículos e produtos, informações abrangentes de manutenção e reparação, assim como dados regionais de inventário de veículos e estatísticas de mercado. Essas informações são obtidas e coletadas pelos especialistas TecAlliance de maneira consistente e integrada, ou fornecidas diretamente pela indústria e pelo comércio e processadas pela TecAlliance. Os fornecedores de dados TecAlliance disponibilizam os dados de peças de reposição de maneira consistente e com a máxima qualidade, com o auxílio do padrão “TecDoc Standard”, mundialmente reconhecido. O TecDoc Catalogue é um dos principais catálogos de peças de reposição de veículos do mundo. 

“SBS Automotive sought a better view of global markets – We were able to provide that”

Camiel Cobben, Business Consultant , TecAlliance Netherlands

“Inicialmente trata-se de compreender a estrutura do cliente”, explica Camiel Cobben, da TecAlliance. “Na SBS Automotive, a implementação da nossa solução CCU foi um trabalho de cooperação excelente e intensivo entre as duas equipes. Juntos, conseguimos finalizar com sucesso, a padronização e integração de todos os dados existentes para suas diversas marcas.” A cooperação iniciou-se com a decisão da SBS pelo TecDoc Catalogue. Isso foi em 2001. Aos poucos, a relação comercial foi se estreitando. Especialmente em função do desenvolvimento no mercado digital de aftermarket automotivo: os dados tornaram-se cada vez mais valiosos. E soluções adequadas para controlar os volumes de dados em contínuo crescimento ganharam cada vez mais importância. “Muito mudou desde 2001. Tivemos que repensar e buscamos por soluções que nos permitissem integrar e avaliar com eficiência, tanto nossos próprios dados quanto os dados de terceiros”, afirma Lars Sendal From. “Apenas nosso depósito central em Eisenach ocupa um espaço de 12.000 metros quadrados, com capacidade para mais de 20.000 artigos. Além disso, implementamos um moderno sistema de administração de depósito (WMS) com processamento de pedidos sem papel. Isso já implica em um número muito maior de dados a serem processados. Se pretendemos integrar informações das peças dos fabricantes automotivos bem como os dados dos veículos existentes em nosso banco de dados, precisamos de uma solução de software adequada”. É claro que, na busca por uma solução apropriada, a SBS Automotive procurou a ajuda do seu parceiro de longa data, a TecAlliance.  

Processo de desenvolvimento de produtos totalmente reestruturado

A decisão pela ferramenta de gestão de dados CCU do portfólio TecAlliance como solução ideal foi tomada rapidamente. Por quê? Porque o CCU  

  • proporciona uma exatidão de 100% na pesquisa de dados OE, 
  • contém informações de peças totalmente integradas dos fabricantes automotivos (OE) e dados de veículos existentes (VIO), 
  • e viabiliza diversos formatos de dados – TecDoc Standard, MAM ou ACES/PIES. 

Dessa forma, disponibiliza todos os dados relevantes para os processos de catalogação em uma solução eficiente. Ao mesmo tempo, ficou claro quais elementos teriam que ser alterados e adaptados pela SBS Automotive: absolutamente todos. “Não ficou pedra sobre pedra”, brinca Anette Poulsen, responsável na SBS Automotive pelo gerenciamento global de produtos e assistência ao cliente. “Visto que todos os departamentos teriam que trabalhar com os dados provenientes do CCU, foi necessário repensarmos o conceito de todo o processo de desenvolvimento de produtos. Tivemos que modernizar as soluções de dados existentes, o que resultou em uma reorganização completa. Finalmente, o departamento de vendas também estava conectado em rede.”  

Desde então, a organização tornou-se mais integrada e unida. Planejar novos desenvolvimentos, monitorar e ao mesmo tempo analisar o mercado, ficou bem mais eficiente e abrangente com CCU. “Agora temos condições de verificar brechas em nosso portfólio e até reagir às necessidades de clientes, sobre as quais ainda nem fomos consultados”, explica Anette Poulsen. Isso é possível com a ferramenta “Gap-Analyse””. O CCU proporciona uma visão panorâmica do mercado. “Graças ao input abrangente de dados OE e VIO, a SBS agora sabe exatamente quantos veículos estão operando com quais peças, conhece todos os detalhes e pode analisar, quais propriedades são necessárias para determinados produtos, para atender as necessidades deste ou daquele cliente”, esclarece Camiel Cobben. “Dessa forma, é possível analisar os concorrentes e avaliar a própria posição de mercado.”  

O mercado do futuro

Independente do rumo que o mercado seguir, uma certeza é indiscutível: a demanda por dados de qualidade e por uma validação confiável de tais informações continuará aumentando. “Manter nossos dados sob controle de forma flexível e dinâmica é essencial para nós”, afirma Anette Poulsen. “Estamos atentos aos novos desenvolvimentos e, se for necessário, nos adaptamos. Os últimos anos mostraram, com sucesso, como isso funciona – com um parceiro forte ao nosso lado.” O interesse nessa cooperação também é evidente por parte da TecAlliance: “Estamos sempre assessorando e apoiando nossos clientes. Independentemente se precisarem da nossa ajuda antes, durante ou depois da implementação das nossas soluções para sua gestão de dados”, promete Camiel Cobben. Além do Data Onboarding Service para novos provedores de dados e do Data Update Service para provedores já estabelecidos, a TecAlliance disponibiliza, sob consulta e conforme demanda, diversas propostas de consultoria, com treinamentos individuais. Além disso, para análises de mercado e potencial mais detalhadas, a TecAlliance oferece o Analytics Manager, com análises e relatórios padronizados.  

Você também gostaria de aproveitar os benefícios da nossa poderosa solução CCU, que combina tanto as informações de peças dos fabricantes automotivos (OE) como também os dados de veículos existentes (VIO)? Entre em contato conosco</1602> e nós mostraremos como você pode otimizar seus processos de catalogação e aproveitar o potencial pleno da análise de portfólio. 

Sobre a SBS Automotive e a NK

A SBS Automotive é uma das duas áreas comerciais da SBS A/S, que também engloba a SBS Friction. A SBS Automotive abrange a comercialização de um amplo programa de peças de freios, componentes de direção, rolamentos de rodas e peças de desgaste para caminhões e utilitários leves

A competência essencial da SBS Friction está no desenvolvimento e produção de pastilhas de freio para motocicletas, instalações eólicas, veículos Off-Road, lambretas e esportes motorizados. A distribuição de peças de reposição automotivas é realizada pelas filiais na Alemanha, Dinamarca e França. Com as unidades Eisenach na Alemanha, Støvring na Dinamarca e Chaumont na França, o grupo empresarial dispõe de três plataformas de distribuição na Europa. A partir dessas plataformas, a SBS fornece uma linha de produtos completa com a marca NK para clientes atacadistas em toda a Europa, Rússia, Turquia e Oriente Medio.